INÍCIO . RESENHAS . PERFIL . TOP 5 . +LITERAR
CRÔNICA DO DIA . AGENDA

Informações

Este artigo foi escrito no dia 11 mar 2014, e pertence à categoria Resenhas.

Tags

, , , , , ,

Resenha: O Teorema Katherine [John Green]

spoiler1

Tem gente que gosta de ruivas, quem só queira as baixinhas, os que preferem as intelectuais – e tem Colin Singleton, que gosta de Katherines. Pode até parecer loucura, mas o protagonista de O Teorema Katherine namorou ao longo de sua vida 19 (DE-ZE-NO-VE!) garotas chamadas Katherine. É, desse jeito mesmo: com tê-agá no meio e no começo. Não é uma obsessão, não é de propósito e não é parte de alguma seita esquisita – simplesmente aconteceu de ser assim. E além do nome, os relacionamentos tem outro fator em comum: em todos eles, quem terminou o namoro foi a garota.

literar-katherine01

Colin é um adolescente genial que lê tudo que vê pela frente e é viciado em anagramas. Não sabe o que são anagramas? São palavras (ou frases) que têm exatamente as mesmas letras: como ROMA e AMOR, para dar um exemplo bem facinho. Mas Colin é um pouco mais experiente – se você quisesse, por exemplo, um anagrama para “caramba, como esse livro é legal”, Colin teria algumas 20 combinações imediatamente na ponta da língua. Parece um dom bacana, né?

A história de O Teorema Katherine acompanha uma viagem de carro que Colin faz acompanhado de seu melhor amigo, logo após ter recebido mais um pé na bunda (da Katherine XIX, no caso). Na estrada, acabam parando na pequena cidade de Gutshot, no Tenessee, onde conhecem Linday. Os dois acabam ficando mais tempo na cidade do que imaginaram, e suas relações com o pessoal da cidade – e também entre eles mesmos – vão mudando.

literar-katherine02

É em um desses dias em Gutshot que Colin tem uma revelação: sua relação com as Katherines do passado pode ser representada matematicamente, levando em conta alguns fatores sobre ele e a garota envolvida. Mais ainda, o tal Teorema que Colin imagina criar poderia se aplicar a qualquer relacionamento, e prever qual sua chance de fracasso e quem terminaria com quem.

Eu coloquei o pé atrás com A Culpa é das Estrelas, cedi meu teimosismo em Cidades de Papel e assumo, com O Teorema Katherine, que John Green finalmente me venceu. A construção dos personagens é extremamente cativante e a forma como a narrativa se desenrola te faz querer ler uma página depois da outra. Como diria aquela famosa expressão em inglês, third time is a charm.

.

literar-katherine-capaO TEOREMA KATHERINE

Autor: John Green
Título Original: An Abundance of Katherines
2013, 304 páginas, Editora Intrínseca

Onde comprar?
– Saraiva 
– Submarino
FNAC
– Estante Virtual (novos e usados)
Book Depository (em inglês)

.

.

assinatura-luiz

Um exemplar do livro “O Teorema Katherine” foi enviado como cortesia para a Literar pela Editora Intrínseca.

.

Comentários

comentário(s)