INÍCIO . RESENHAS . PERFIL . TOP 5 . +LITERAR
CRÔNICA DO DIA . AGENDA

Informações

Este artigo foi escrito no dia 04 abr 2014, e pertence à categoria Top 5.

Tags

, , , , , , , , ,

Top 5: How I Met Your Mother

9 anos e 208 episódios depois, a saga de Ted Mosby em busca da mãe de seus filhos chegou ao fim nessa semana. A gente chorou (diversas vezes), ameaçou bater em pessoas queridas, chorou mais um pouco e se despediu de uma das melhores séries de televisão dos últimos anos. Se tem uma coisa que How I Met Your Mother nos ensinou foi que o caminho é mais importante que o destino, e também por isso aproveitamos para lembrar 5 livros que estiveram presentes nesses nove anos e que, de uma forma ou de outra, foram também personagens dessa história. Vem com a gente:

top05-header

top-himym05

#05: O Código Bro [Barney Stinson e Matt Kuhn]

Você pode até falar “mas cara, o Bro Code não é um livro fictício?” e a gente te responde “já foi e não é mais” :P. As famosas e legend – wait for it – dary regras de vida de Barney Stinson viraram um livro de verdade, que recentemente ganhou edição em português lançada pela Editora Intrínseca. Todos os mandamentos fundamentais da relação entre os manos do personagem de How I Met Your Mother reunidos em um único lugar. Assim você nem vai sentir tanta saudades assim do seriado, vai?

.

top-himym04

#04: Of Course You’re Still Single, Take A Look At Yourself, You Dumb Slut [Anita Appleby]

Se Barney tem seu lugar nas prateleiras, as mulheres que ele cansou de enganar com seu Playbook também ganharam espaço! Na verdade não só as que Barney cantou, mas todas as mulheres que já acreditaram nas mentiras de um homem. Anita Appleby (interpretada por ninguém menos que Jennifer Lopez) escreve o livro Of Course You’re Still Single, Take A Look At Yourself, You Dumb Slut (em tradução livre, algo simpático como “É claro que você ainda está solteira, olhe para você mesma, sua piranha burra“). Por causa das dicas de Anita, Barney fica possesso – e até fez um post em seu blog falando sobre o título. Infelizmente essa incrível peça de arte só existe no mundo ficcional – mas que seria bacana ver esse livro nas livrarias, ah, isso seria.

.

top-himym03

#03: Cem Anos de Solidão [Gabriel García Márquez]

É o começo de uma grande história de amor: você pega o metrô e vê uma mulher maravilhosa lendo um livro do seu escritor favorito. Certo? Errado. Ted passou por isso no episódio 15 da 8ª temporada. O livro em questão era Cem Anos de Solidão, e nosso querido Ted Mosby fica louco para reencontrar essa mulher (que com certeza deve ser a mulher da sua vida, né?). Não precisa nem falar muito pra dizer que nada saiu como planejado. Basta dizer que Lily estava coberta de razão quando disse que, na verdade, era a mulher do metrô que estava perseguindo o Ted. Merece sem dúvidas nosso terceiro lugar.

.

top-himym02

#02: Obras Completas [Pablo Neruda]

Taí uma coisa que a gente se identifica em Ted Mosby: ele não consegue ver alguém lendo um bom livro sem achar que essa pessoa deve ser sensacional. Se o episódio com Cem Anos de Solidão não te convenceu, a gente tem mais um exemplo: logo depois de ser deixado no altar por Stella, Ted está numa pior. É aí que ele conhece Vicky, uma mulher que não tem absolutamente nada do que Ted busca em uma companheira. Ele está pronto para terminar o relacionamento, e aí… ele vê um livro de poesias de Pablo Neruda no apartamento de Vicky e decide que vale a pena dar uma segunda chance. O problema é que o livro é de um ex-namorado da garota, e na verdade ela de-tes-ta poesia. Pobre Ted.

.

top-himym01

#01: Amor nos Tempos do Cólera [Gabriel García Márquez]

Não, a gente não está obcecado com Gabriel García Márquez – mas Ted Mosby está. O colombiano é o escritor favorito do personagem, e seu livro de cabeceira é Amor nos Tempos do Cólera. Coincidência ou não, é esse o livro que Ted está lendo na primeira vez que vemos ele e a mãe se encontrando. Não lembra? A cena está no primeiro episódio da oitava temporada, Ted está em um banco na estação de ônibus ao lado da pousada Farhampton Inn lendo seu livro, e a mãe está ali, na chuva, com sua conhecida sombrinha amarela. Quem já assistiu o último episódio sabe: essa cena volta e a gente vê o que acontece depois. Se não foi García Márquez que uniu esse casal, não foi ninguém.

top-himym01a

.

assinatura-todos

.

Comentários

comentário(s)