INÍCIO . RESENHAS . PERFIL . TOP 5 . +LITERAR
CRÔNICA DO DIA . AGENDA

We Think Alone – Miranda July e seus e-mails aleatórios

Você pode não admitir, mas em algum momento (nem que seja muito brevemente!), você já desejou conhecer de perto a vida de uma outra pessoa. Mais ainda: já pensou se você pudesse ler emails de pessoas famosas como Kirsten Dunst, Lena Dunham (a Hannah do seriado Girls) ou Kareem Abdul-Jabbar (um dos maiores jogadores de basquete dos EUA)? Miranda July pensou.

Definir quem é Miranda July é uma tarefa complicada. Em seu site oficial, ela é descrita como “uma artista performática que faz filmes, performances, gravações e combinações de todas essas coisas“. Só que Miranda July é bem mais que isso. A norte-americana é uma das vozes mais irreverentes da arte multi-disciplinar contemporânea – e quem ainda não assistiu seus filmes Eu, Você, e Todos Nós (2005) e O Futuro (2011) deve fazê-lo imediatamente. É dela também um dos meus livros de contos favorito: É Claro que Você Sabe do que Eu Estou Falando (no original, No One Belongs Here More Than You). Falar que ela consegue exprimir muito bem a pós-modernidade em que a gente vive parece raso e superficial, mas essa seria uma boa definição para o que vamos falar aqui hoje.

literar-wethinkalone02

O mais novo projeto de Miranda July é aquilo que falamos ali em cima: We Think Alone busca apresentar para pessoas comuns o que famosos atores, designers e escritores conversam na intimidade de suas caixas de e-mail. Parece bobo? Na realidade não é.

We Think Alone é exatamente o que pretende ser: uma coletânea de aleatoriedades com um propósito. A cada semana (ao longo de 20 edições), uma nova compilação de mensagens chega no e-mail dos cadastrados, com um tema específico. Um e-mail de trabalho. Um e-mail para a sua mãe. Um e-mail sobre um sonho que você teve. Um e-mail com algum tipo de arte.

 literar-wethinkalone01

O interessante é que, ao entrar na intimidade desses famosos, vemos que não somos assim tão diferentes. We Think Alone é quase um Big Brother, mas com um detalhe que faz toda a diferença: as correspondências enviadas são antigas. Ninguém ali está posando para uma câmera e tentando ganhar a simpatia do público. Miranda July faz um reality-show de famosos obrigando-os a serem eles mesmos – o que deixa tudo mais interessante.

Para entender melhor, esses são três e-mails que separamos, com as devidos temas e traduções abaixo de cada um:

literar-wethinkalone03

UM E-MAIL PARA A SUA MÃE

De: Sheila Heti / Para: a

Obrigado, mãe! Fico muito feliz que as tulipas estejam bem. Se você trocar a água de vez em quando elas vão crescer e ficar ainda mais bonitas… Beijos, Sheila

.

literar-wethinkalone04

UM E-MAIL SOBRE UM SONHO QUE VOCÊ TEVE

De: Lena Dunham / Para: Mike

Terminei de gravar às 7h da manhã hoje e dormi de 11 às 18h e sonhei que tinha matado minha mãe. Estou no CT durante o dia com o pessoal, mas volto amanhã de tarde – sua noite de amanhã está ocupada? Sinto muito sua falta. Desculpa ter ficado doente e nunca termos terminado nossa conversa. Te amo.

.

literar-wethinkalone05

UM E-MAIL SOBRE NO QUE VOCÊ ESTÁ TRABALHANDO AGORA

De: Kirsten Dunst / Para: vários

Foto do diretor e comentário – “Esse filme explora a questão do que transforma o praticamente impossível em possível. Quando ouvimos uma história misteriosa ou impossível, podemos acabar por aceitá-la como verdadeira se ela tiver acontecido há muito tempo. Com o passar dos séculos, os fatos parecem mais maleáveis e nós nos tornamos menos cépticos sobre o que antes diríamos ser inacreditável. Nossas perspectivas mudam. Esse filme explora essa peculiar estranheza de ver mitos a que estamos acostumados deslocados para o presente.

Se você achou interessante, ou no mínimo ficou curioso para saber o que ainda vem por aí nas próximas semanas, cadastre-se no site do projeto: wethinkalone.com. A gente garante que você não vai se arrepender.

.

saiba-mais

- O filme Eu, Você e Todos Nós é repleto de monólogos e diálogos intrigantes. Selecionamos duas cenas para ilustrar, que você vê aqui e aqui.

- É Claro que Você Sabe do que Eu Estou Falando traz uma seleção de 16 contos escritos por Miranda July e publicados em diferentes jornais e revistas. Um dos mais interessantes é “Essa Pessoa”, que você poder ler na integra nesse link.

.

assinatura-luiz

.

Comentários

comentário(s)