INÍCIO . RESENHAS . PERFIL . TOP 5 . +LITERAR
CRÔNICA DO DIA . AGENDA

Resenha: Bridget Jones [Helen Fielding] x Orgulho e Preconceito [Jane Austen]

Resenha escrita pela colunista convidada Daniela Leite, do blog Duas Amigas, Uma Estante, que aceitou nosso convite para contar um pouco mais sobre dois de seus livros favoritos – e as relações existentes entre eles.

spoiler1

Escolhi escrever uma resenha sobre os meus dois livros favoritos, além da preferência, existe uma semelhança entre os dois: O Diário de Bridget Jones, de Helen Fielding, e Orgulho e Preconceito, de Jane Austen. Não acredita? Confere então!

literar-comparativa01

A primeira vez que li “O Diário de Bridget Jones” eu estava no ensino médio e fiquei apaixonada pelo livro e já perdi as contas das vezes que reli. Além de tudo isso, me identifico demais com a Bridget, principalmente, na eterna luta contra a balança e nos desastres (desastre no sentido de cair, pagar micos, derrubar tudo e coisas do gênero) que causo por onde passo. “O Diário de Bridget Jones” é uma série que tem dois volumes lançados, o segundo livro é Bridget Jones: No Llimite da Razão, e em outubro de 2013 será lançado um terceiro livro, Bridget Jones: Mad About the Boy (ansiosíssima!).

O clássico romance da Jane Austen, também me encantou, não conseguia parar de ler e ficava ansiosa quando não podia, por causa do trabalho ou da faculdade. A autora escreveu o livro no século XVIII, mas o romance é uma delícia de se ler e a forma como ela escreveu é simplesmente fascinante!

literar-comparativa-destaque

Então, vamos à proposta de comparação entre as duas obras: a principal semelhança é entre os dois personagens Darcy das tramas, além do nome, os dois tem uma personalidade muito parecida (há quem diga que a Helen se inspirou no personagem da Jane para criar o apaixonante Mark Darcy) ambos demonstram ser arrogantes e orgulhosos, mas ao longo da história revelam a verdadeira personalidade. Outro personagem que podemos comparar são as mães das personagens principais, em ambos os casos são mulheres de personalidade fraca, fúteis e que são loucas para ver as filhas casadas.

Já as personagens principais se assemelham pela paixão por um Darcy, e também por não serem mulheres convencionais. Elizabeth Bennet, é uma mulher de personalidade forte, não se deixa abater por ninguém, além de preferir ficar solteira a se casar sem amor, fato que a torna mais diferente ainda das mulheres do círculo social onde vive. Bridget, solteira aos 30 anos, é incansavelmente questionada sobre continuar solteira, porém casamento não é uma prioridade para a minha diva!

.

literar-comparativa-capa1O DIÁRIO DE BRIDGET JONES

Autora: Helen Fielding
Título original: Bridget Jones’s Diary
1998, 317 páginas, Editora Record

Onde comprar?
Saraiva
Submarino
Estante Virtual (novos e usados)
Amazon (edição regular em inglês)
Book Depository (regular em inglês)

literar-comparativa-capa2

ORGULHO E PRECONCEITO

Autora: Jane Austen
Título original: Pride and Prejudice
1813, aprox. 300 páginas, editoras variadas

Onde comprar?
Saraiva
Submarino
Estante Virtual (novos e usados)
Amazon (em inglês)
Book Depository (em inglês)

.

por Daniela Leite

.

assinatura-todos

.

*texto da colunista convidada Daniela Leite

.

Comentários

comentário(s)